Vídeos de Cecília Meireles

Loading...

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Dorina de Gouvêa Nowill (São Paulo, 28 de maio de 1919 - 29 de agosto de 2010)


“Vencer na vida é manter-se de pé quando tudo parece estar abalado. É lutar quando tudo parece adverso. É aceitar o irrecuperável. É buscar um caminho novo com energia, confiança e fé.” 

Dorina Nowill
Dorina de Gouvêa Nowill faleceu em 29 de agosto de 2010, aos 91 anos de idade. Deixou ao Brasil e ao mundo uma instituição reconhecida pela qualidade de seus livros acessíveis e serviços de reabilitação. Deixou à pessoa com deficiência visual a oportunidade de viver com dignidade e às pessoas que enxergam uma lição de vida.
Perseverança, caridade, resignação e paciência são as lições deixadas por esta paulista que enxergava o mundo com os olhos da alma. Cega aos 17 anos, Dorina Nowill foi criadora da fundação que leva seu nome, onde exerceu até a sua morte, o cargo de Presidente Emérita e Vitalícia.

Sobre a Fundação Dorina Nowill para Cegos:

Fundada há 66 anos pela pedagoga Dorina Nowill, a instituição facilita a inclusão social de crianças, jovens e adultos cegos e com baixa visão, por meio de serviços gratuitos de reabilitação, educação especial, clínica de baixa visão e programa de empregabilidade. A fundação é referência na produção de livros e revistas acessíveis, nos formatos braille, falado e Daisy. Os materiais são distribuídos gratuitamente para pessoas com deficiência visual e para mais de 5 mil escolas, bibliotecas e organizações em todo o Brasil. Além de transcrever e adaptar livros, cardápios, bulas e outros materiais, realiza a audiodescrição de filmes, campanhas publicitárias e exposições. Ainda oferece treinamentos para empresas interessadas em dicas de atendimento e relacionamento com as pessoas com deficiência, bem como consultoria em acessibilidade.

www.fundacaodorina.org.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário