Vídeos de Cecília Meireles

Loading...

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Acessibilidade e Inclusão de Pessoas com Deficiência em Bibliotecas Públicas

Click to open image!Click to open image!









O prefeito Oswaldo Barba abriu na manhã desta quarta-feira (13), no auditório Bento Prado Júnior, no Paço Municipal, o Circuito de Oficinas “Acessibilidade e Inclusão de Pessoas com Deficiência em Bibliotecas Públicas”.

A abertura do evento contou ainda com a presença do vice-prefeito Emerson Leal, da secretária municipal de Educação, Lourdes Moraes, e da diretora do Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBI), Claudete Cury Sacomano.

O Circuito de Oficinas é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Associação Paulista de Bibliotecas e Leitura, que é uma Organização Social de Cultura, engajada em ações relacionadas à propagação do hábito e gosto pela leitura em todos os segmentos da população.

Durante o mês de junho o Circuito de Oficinas acontece nas cidades de São Paulo, Sumaré, Bauru, São Carlos, Rifaina, Itapeva, Ourinhos, Presidente Prudente, Penápolis, São José do Rio Preto, Cajati e Guaratinguetá.

Neste Circuito, que tem como objetivo a inclusão de novos grupos sociais no universo dos leitores fluentes e críticos, acontece uma série de capacitações temáticas abordadas por especialistas e que integra o quadro de metas e ações empreendidas pelo Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo.

Participaram do evento os bibliotecários, técnicos, auxiliares de biblioteca, estudantes e profissionais interessados no tema das cidades de São Carlos, Araraquara, Porto Ferreira, Campinas, Ibaté e Vargem Grande do Sul.

A oficina foi coordenada pela facilitadora Renata Andrade, que é bacharel em Filosofia pela PUC-MG, qualificada em Orientação e Mobilidade para Atendimento à Pessoa com Deficiência Visual e pós-graduada em Tecnologia Assistiva aplicada à inclusão da Pessoa com Deficiência (PcD) pela Fundação Don Carlo Gnocci de Madrid e há doze anos atua como pesquisadora e consultora em acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência.

Na programação da Oficina, que durou o dia todo, houve reflexão sobre os conceitos de inclusão, acessibilidade e desenho universal, características de uma biblioteca inclusiva, o papel da biblioteca no processo de inclusão da pessoa com deficiência, características de uma biblioteca inclusiva, e um Workshop “Biblioteca Acessível para Todos – diretrizes para a plena participação da pessoa com deficiência e mobilidade reduzida” tratando de edifício e equipamentos, ajudas técnicas e apoio pessoal, acervo, bibliografia, material, e serviços bibliotecários.

O prefeito Oswaldo Barba agradeceu a parceria com o Governo do Estado para a realização da Oficina, ressaltando a importância do conjunto de ações voltadas à acessibilidade e inclusão de pessoas com deficiência.

De acordo com ele, a Prefeitura desenvolve políticas públicas que promovem a acessibilidade, inclusive na área de bibliotecas, destacando a criação do Espaço Braille, que é uma biblioteca pública municipal especializada, e faz parte do Sistema Integrado de Bibliotecas (SIBI) e tem por objetivo favorecer a inclusão social e digital das pessoas com deficiência visual garantindo acesso à informação e o uso de novas tecnologias.

“A Prefeitura tem trabalhado no sentido de melhorar as condições das pessoas com deficiência no município. São vários os projetos que nós desenvolvemos, em alguns casos em parceria com entidades como o Sesc, Sesi e UFSCar, nas áreas de educação, esportes, assistência social, entre outras, tudo com o objetivo de incluir socialmente essas pessoas”, declarou o prefeito.

Entre os projetos que a Prefeitura desenvolve nesta área estão: a retirada de barreiras arquitetônicas em prédios públicos, a adaptação e construção de rampas de acessibilidade, o ensino de braile e de língua brasileira de sinais, entre outros.

“A realização desta Oficina é muito importante, pois com palestras, workshop e a troca de experiências, os profissionais desta área podem aprimorar seus conhecimentos e isso resulta em melhor atendimento das pessoas com deficiência”, concluiu Barba.

Fotos: Carlinhos Oliveira/PMSC



Nenhum comentário:

Postar um comentário